Notícias

S.Martinho

11|11|2019

 

Conta a lenda que um cavaleiro romano, pertencente às legiões do imperador Juliano, fazia a ronda num dia de enorme temporal e viu um velho mendigo cheio de fome e frio, que se encontrava semi-nu. O mendigo dirigiu-se ao cavaleiro e pediu-lhe uma esmola.

Compadecido com a miséria do velho, Martinho, o nome do soldado, terá dado a sua capa a este, ou segundo outras versões, tê-la-á cortado ao meio.

Após este acto, as nuvens esconderam-se e o Sol brilhou. Diz-se que foi um milagre e desde esse dia começaram a chamar o Verão de S. Martinho ao sol que aparece nos primeiros dias de Novembro.

O Verão de São Martinho também é conhecido por Verão dos Marmelos, devido à sazonalidade destes frutos nesta época, o mesmo acontecendo com as castanhas.

Aliás, São Martinho é considerado como o santo dos bons bebedores, já que é nesta atura do ano que se faz a prova do vinho novo acompanhado das respectivas castanhas.

Os adágios populares não deixam dúvidas: “Em dia de S. Martinho/Faz magusto e prova o vinho; Em dia de S. Martinho/Lume, castanhas e vinho.”

É tradicionalmente no dia de São Martinho que se ‘inaugura’ o vinho novo, que se fazem as provas e se atestam as pipas.

De acordo com a velha legislação municipal, era mesmo proibido, em muitas partes, vender o vinho novo antes do São Martinho, sob pena de multa. E como este se trata de um vinho especial que deve ser bebido antes do Verão, devido às suas características de fermentação, os mais bebedores não se fazem rogados.

Aliado aos festejos do dia de São Martinho está o tradicional magusto, tradição ainda mais antiga que a data consagrada a este santo.

 

Fonte: https://www.mulherportuguesa.com/lazer/festas-tradicoes/tradicao-do-magusto/

 

Deixe aqui o seu comentário


* Campos obrigatórios

< voltar